Brisas e ventilaÇÃo natural

Brisas junto à costa, brisas em vales, brisas interiores... As brisas são comuns em muitos climas e regiões, ainda que por apenas curtos períodos do dia, ou só durante certas épocas. Mas se elas existem na sua região, considere-as para efeito de ventilação. Elas são um meio bastante efetivo de climatização de edifícios.

Em climas quentes há toda a vantagem em orientar os edifícios em função das brisas dominantes, e há questões arquitetónicas que podem ser consideradas no sentido de as captar, sobretudo se elas soprarem em direções em que não possam ser captadas diretamente por janelas ou outras aberturas.

Procedimentos básicos

Há procedimentos básicos e óbvios que podem ser ensaiados no sentido de se captar brisas e de aumentar os níveis de ventilação natural.

- Aproveite possíveis brisas nos períodos frescos do dia; abra as suas janelas nesses períodos. Use redes/telas mosquiteiras, se for caso disso.
- Considere as diferentes hipóteses de ventilação cruzada (envolvendo janelas em fachadas opostas da casa) ou janelas e outras aberturas a diferentes alturas.
- Experimente diferentes ângulos de abertura das janelas em diferentes partes da casa, de modo a apurar as soluções mais favoráveis.
- Feche as janelas e use meios de sombra durante os períodos quentes do dia.

Direcionando as brisas com cercas e Árvores

Nalguns casos, certas estratégias de médio e longo prazo podem envolver árvores e arbustos, convenientemente articulados de modo a servirem de quebra-ventos ou de modo a… canalizar brisas para o edifício.

 

Tipos de janelas

Janelas do tipo abrir (por contraposição às de correr, fixas ou outras) são a melhor opção para defletir e direcionar brisas que corram paralelamente às paredes ou em direções desfavoráveis.

Elas podem abrir para o exterior e serem colocadas em ângulos que possibilitem a canalização de brisas para o interior do edifício.

Abas de Paredes

Abas associadas a paredes podem também ser usadas para redirecionar brisas para os espaços interiores ao edifício.
Ver imagem.

Ventilação por via de brisasControlando a direção das brisas

A forma de propagação do ar fresco proveniente das brisas no interior das divisões da casa ou outro edifício pode ser influenciada e determinada por via de elementos associados às janelas com gelosias ou de abas associadas às paredes.

As figuras ao lado mostram a forma como as brisas podem ser configuradas por via da posição das tiras das gelosias (imagens 1 e 2) ou por pequenas abas arquitetónicas (figuras 3, 4 e 5).

Neste último caso, essas abas podem direcionar o fluxo de ar fresco para cima (imagem 4), para baixo-cima (imagem 5, em que a aba tem uma zona aberta) ou - caso as abas envolvam várias aberturas e sejam colocadas acima da janela) de forma mais difusa (imagem 5).

 

 

 

Top or Home Page Conteudo relacionado
Contents Topo .... Inicio